Demolições

O BIM permite o faseamento do processo de demolição.

Com o passar do tempo, os edifícios e outras estruturas vão sofrendo um desgaste natural que leva à degradação dos materiais elementares e essenciais das estruturas, deixando apenas o recurso à sua demolição.

A demolição é um dos processos utilizados em engenharia de estruturas, aplicável quando a recuperação estrutural é impraticável, quer a nível económico-financeiro, quer a nível das condições de preservação da estrutura existente, quando esta interfere de algum modo com o projeto futuro ou até mesmo por imposição legal.

Em traços gerais, uma empreitada de demolições consiste em três pontos essenciais:

  • desconstrução e demolição das edificações existentes, onde as técnicas de desmantelamento e demolição a utilizar devem ser ponderadas e adequadas a cada tipo de construção e a cada fase de trabalho;
  • gestão de resíduos resultantes da demolição, que deverão ser tratados de acordo com o estipulado na Legislação Portuguesa e Europeia em vigor, que estabelece as regras a que fica sujeita a gestão de resíduos, nomeadamente a sua recolha, transporte, armazenagem, tratamento, valorização e eliminação, de forma a não constituir perigo ou causar prejuízo quer para a saúde pública quer para o ambiente;
  • modelação final do terreno, em que se pretende que a superfície do terreno, após a demolição da edificação, seja ajustada de tal forma que se garanta a transição para a nova construção.

Na PROFIJECTO Engenharia, a modelação da demolição através do processo BIM, baseia-se em visualizações específicas ao longo do tempo, demonstrando a evolução do projeto em cada fase.

São assim asseguradas as condições para que a futura demolição ocorra sem riscos de segurança e de acordo com o projetado.

Projetos Relacionados
Liberdade Street Fashion
Convento de S. Francisco
Shopping Braga Parque
EDIGMA.com